Vacinas da Pfizer devem chegar em Sergipe até a próxima semana

As vacinas contra a covid-19 da farmacêutica Pfizer/BioNTech devem chegar em Sergipe até a próxima, conforme previsão do Governo do Estado divulgada nesta quinta-feira, 29. O estado disse que está pronto para receber os imunizantes e que Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológico (CEADI) estará preparada com freezers para armazenamento.

De acordo com o Ministério da Saúde, as doses serão entregues ao Governo Federal armazenadas entre -25°C e -15°C e poderão ficar nessa faixa de temperatura por até 14 dias. Quando colocada na rede de frio nacional, que tem temperatura de +2°C a +8°C, a vacina deve ser aplicada na população em até cinco dias sem risco de prejudicar a eficácia do imunizante.

“Seguindo os informes técnicos do Ministério da Saúde, nos organizamos para receber o imunizante que deve ser armazenado em temperatura de -15º a -20º. Além disso, a Secretaria de Estado da Saúde fez parceria com a Universidade Federal de Sergipe (UFS) para a utilização, se necessário, do freezer de ultracongelamento que possui a instituição de ensino”, disse a enfermeira do Programa Estadual de Imunização, Ana Beatriz Lira.

Segundo o informe técnico do Ministério da Saúde, a vacinação com a Pfizer ficará restrita, neste primeiro momento, às 27 capitais brasileiras. Com isso, o lote do imunizante será direcionado ao Programa de Imunização de Aracaju. “O imunizante chega, armazenamos no freezer na SES, Aracaju faz a retirada do imunizante congelado e leva para as Unidades Básicas de Saúde, que têm até cinco dias para utilizarem o produto após o descongelamento”, concluiu Lira.

Chegada da Pfizer no Brasil

O primeiro lote com 1 milhão de doses da vacina covid-19 da Pfizer/BioNTech chega ao Brasil na noite desta quinta-feira, 29, no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), às 19h. A remessa faz parte do acordo firmado entre o Ministério da Saúde e a farmacêutica em 19 de março, que totaliza 100 milhões de doses de vacinas até o final do terceiro trimestre de 2021. Essas primeiras doses foram produzidas na fábrica da Pfizer em Puurs, na Bélgica.

A vacina da Pfizer possui registro para uso definitivo concedido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O imunizante pode ser aplicado em pessoas a partir de 16 anos de idade, em duas doses, com intervalo de 21 dias entre elas.

Segundo o Ministério da Saúde, a previsão é de que a distribuição para as 27 capitais do País inicie entre sexta-feira (30/4) e sábado (1°/5), em uma divisão proporcional e igualitária.

Publicidade:

Com informações da SES e do MS

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta