Vaga de emprego em Sergipe: Nova fábrica de artigos de cama e banho deve gerar 400 empregos

Inaugurando sua unidade própria, Altenburg contou com apoio do Governo de Sergipe para aquisição do novo espaço e recebe incentivos fiscais via PSDI

Com o apoio do Governo de Sergipe, mais uma indústria amplia suas atividades e passa a gerar ainda mais emprego e renda para o estado. A fábrica Altenburg, especializada na produção de artigos de cama e banho, inaugurou nesta segunda-feira (18), sua unidade própria no estado. Presente em Sergipe há mais 10 anos, a empresa catarinense ocupava um imóvel alugado no Distrito Industrial de Nossa Senhora do Socorro. Com subsídios do Governo, a indústria adquiriu um terreno no Distrito, erguendo uma planta com 18 mil m² de área construída e investimento de R$ 30 milhões. Representando o governador Belivaldo Chagas, a vice-governadora Eliane Aquino esteve presente ao evento e visitou as instalações da unidade.

Com planejamento de expansão em um período de dois anos, a Altenburg, que hoje emprega quase 230 funcionários, deve chegar a um total de 400 trabalhadores. Atualmente, a indústria  produz a média de 400 mil peças por mês, estimando chegar a 600 mil peças mensais ao fim da expansão. Quanto ao faturamento, a expectativa é de que os valores passem de R$ 100 mil para R$ 200 mil por ano com a conclusão do projeto. Até lá, a direção da fábrica planeja novos investimentos, com estimativa de R$ 15 milhões para a compra de equipamentos e outras adequações. Na nova sede, destaca-se o viés sustentável, com área verde e melhor aproveitamento dos espaços.

Além do suporte na aquisição do espaço, o Governo do Estado oferece incentivos fiscais à Altenburg por meio do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), proporcionando desconto no ICMS. A empresa é beneficiária do PSDI há 10 anos, com possibilidade de gozar do incentivo por mais 15.

De acordo com a vice-governadora Eliane Aquino, o suporte concedido pelo Governo às indústrias é fundamental para que Sergipe se afirme como um estado competitivo. “Uma fábrica como essa é de uma importância gigantesca para o nosso estado. Sergipe deseja cada vez mais competir com os outros estados, e nós temos a capacidade técnica e gente preparada para isso. Tenho certeza de que, se depender de cada profissional que aqui trabalha, daqui sairão grandes diretores para o mundo, pois tenho convicção da inteligência e da capacidade do nosso povo. Que venham cada vez mais projetos como esse e que essa fábrica inspire outros empresários a investirem no estado de Sergipe”, afirmou.

O gerente responsável pela unidade, Roberto Zamprogna, salientou a atuação da administração estadual como fator decisivo para a escolha de Sergipe como sede da Altenburg no Nordeste. “A escolha por Sergipe deve-se à logística, boa mão de obra e incentivos fiscais. O apoio do governo é fundamental para o sucesso da implantação da unidade. A gente tomou a decisão de se instalar em Sergipe e um marco para isso foi a participação do governo, que faz um trabalho muito bom de trazer novas empresas e dar a elas todo o suporte necessário”, frisou.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, José Augusto Carvalho, ressaltou a importância da colaboração mútua entre o estado e a iniciativa privada. “A Altenburg é uma empresa quase centenária, muito caprichosa nos seus produtos, que não tem nenhum problema fiscal e nem trabalhista, e a felicidade dos seus funcionários é algo marcante para a gente. O estado tem obrigação de apoiar as empresas e a legislação do PSDI nos dá apoio legal para a redução do ICMS, que é o principal tributo que as empresas pagam, e essa redução é o que viabiliza as empresas serem instaladas no nosso estado”, pontuou.

Evolução

Hoje, a Altenburg fabrica produtos como travesseiros, colchas, forros de cama, protetores de colchão e travesseiro, fronhas e outros artigos da categoria. Com a expansão, há a expectativa de implantação de uma linha de não-tecidos para a fabricação de enchimentos. O estoque é distribuído para toda a região Nordeste e Norte, além de parte do Centro-Oeste. Para quem participa do dia a dia da produção, a ampliação das atividades da fábrica representa um grande passo tanto para a empresa como para a comunidade ao seu redor.

“Foi bom para todo mundo. O local é mais confortável e agora temos mais espaço para desenvolver o nosso trabalho. Fiquei muito feliz também com a geração de novos empregos. Aqui na região temos muitos jovens precisando de oportunidades, e quanto mais gente trabalhando, melhor. É bom para a cidade de Socorro e para o estado”, destacou o operador Cristiano Menezes, referindo-se à mudança em relação ao espaço antigo, de 7,5 mil m².

“Eu gostei muito da nova fábrica. Aqui a gente fica mais à vontade, o espaço é bem maior e mais arejado. Também é muito importante gerar mais empregos, porque depois da pandemia existem muitas pessoas passando dificuldades. Com essas novas vagas aqui, algumas pessoas podem melhorar um pouco de situação”, comentou a revisora e embaladora Raiane Santos Silva.

Altenburg

Com quase 100 anos de história, a Altenburg conta atualmente com duas unidades fabris em Blumenau (SC), uma em São Roque (SP) e outra no Paraguai, além da unidade sergipana. A empresa é, hoje, a maior produtora de travesseiros do Brasil, comercializando mais de 1,6 milhão de produtos mensalmente.

A Altenburg gera quase 2 mil empregos diretos e está presente em mais de 10 mil pontos de venda em todos os estados brasileiros, além de países da América Latina. A fábrica conta ainda com 12 lojas próprias, com atuação também via e-commerce.

Presenças

Representando o Grupo Altenburg, estiveram presentes ao evento o CEO Rui Altenburg e o diretor comercial Tiago Altenburg. Também compareceram à inauguração o prefeito de Socorro, Padre Inaldo; o superintendente do Banco do Nordeste em Sergipe, Antônio César de Santana; o presidente da Federação das Indústrias de Sergipe, Eduardo Prado; o presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina, Mario Cezar de Aguiar; o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), José Matos, e o diretor-presidente da Sergas, Valmor Barbosa, entre outras autoridades.

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *